© Centro de Ecologia Médica Florescer na Mata - www.florescernamata.com.br - Todos os direitos reservados.

ECOVILA - PARA UM BEM ENVELHECER

 

Os progressos da medicina convencional, aliados à melhores condições sanitárias e alimentares e à redução nas taxas de natalidade, proporcionaram uma expansão da expectativa de vida.

 

Para se ter uma ideia, a expectativa de vida ao nascer em 1943 era de 43 anos, hoje é de 73 anos. O último senso do IBGE (2000) revelou cerca de 20 000 brasileiros com mais de 100 anos!

 

Frente a essa nova realidade, algumas questões surgem:•Como envelhecer com bem estar, qualidade de vida e saúde?

 

•Como permanecer incluído na sociedade e se realizar concluindo o ciclo vital de forma participativa tendo o respeito e carinho da comunidade?

 

•Como promover instalações de moradia promotoras de sucesso no processo de envelhecer?

 

Este é o motivo deste empreendimento, condensar num projeto imobiliário as condições necessárias para o bem envelhecer.

O projeto piloto deste empreendimento, será implantado em área de cerca de 8 000 metros quadrados situados ao lado da reserva ecológica da Natureza Morro Grande, com 11000 ha (de propriedade da SABESP, com objetivo de proteger a microbacia do Rio Cotia) e adjacente ao Centro de Ecologia Médica Florescer na MataEstá planejada a construção de 20 chalés (para 1 ou 2 pessoas aparentas) , que prevê estrutura e atividades como segue:

•sala com lareira

•varanda com vista para a mata da reserva

•quarto

•banheiro com dispositivos de segurança e acessibilidade

•cozinha funcional

•mini lavanderia

•estrutura coletiva com refeitório para disponibilidade de refeições baseadas em alimentação funcional com os alimentos produzidos ecologicamente no CEM-FM

•sala de reuniões para que os moradores possam realizar seus encontros de negócios/consultoria

•salão para prática de exercícios orientados por profissionais bem como atividades sociais e recreativas

•consultório multiprofissional para a prática de assistência transdisciplinar em saúde segundo os achados das pesquisas realizadas no Centro de Estudos do Envelhecimento da UNIFESP

 

Os idosos residentes, terão livre acesso as atividades monitoradas do CEM-FM, podendo inclusive propor atividades inter-geracionais com os jovens e população da região de Caucáia do Alto-Cotia.

 

Pretende-se com esta infraestrutura que as pessoas maiores de 60 anos residentes, possam ter as condições e orientações profissionais necessárias para construir uma velhice saudável, realizadora com qualidade de vida ativa e bem estar.